terça-feira, 15 de dezembro de 2020

Combate à violência contra o idoso e à discriminação etária

Mais visíveis durante a pandemia, a violência e a discriminação etária já eram preocupações globais. O necessário afastamento físico isolou as pessoas idosas, especialmente nas Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), gerando situações de vulnerabilidade extrema que mobilizaram a sociedade. Uma Frente foi criada para apresentar encaminhamentos a essas situações.

Desde então um grande número de eventos online contribuem para a prevenção e o monitoramento da violência contra a pessoa idosa. Com essa preocupação, Carla da Silva Santana, professora da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP, organizou o webinário “Violência e Representação Social do Idoso: Reflexões sobre as ações de sensibilização”, realizado no dia 9 de dezembro. O evento teve o apoio do Conselho Municipal do Idoso de Ribeirão Preto, do Sesc e do Instituto de Estudos Avançados polo Ribeirão Preto da USP.

 
A iniciativa faz parte do projeto “Enfrentamento da violação dos direitos da pessoa idosa no município de Ribeirão Preto”, ligado ao USP Municípios - programa que busca apoiar cidades no desenvolvimento de políticas públicas.

Entre as muitas reflexões sobre violência contra a pessoa idosa, foram ressaltados atos de discriminação como a visão negativa que entende a velhice como fase de decadência e o idoso como “peso”, gerador de despesas e improdutivo.

O webinário contou com palestras do assistente técnico na Gerência de Estudos e Programas Sociais do Sesc São Paulo, Gustavo Nogueira de Paula, e da assistente social do Centro de Referência à Saúde do Idoso da Prefeitura Municipal de Guarulhos, Regislaine Leoncio Pereira.

Clicar aqui para a íntegra do webinário

Destacamos o livro “Idadismo, um mal universal pouco percebido”, de autoria do médico Egidio Lima Dorea, lançado este ano. Menos conhecida do que “discriminação etária”, a palavra que dá nome ao livro, “idadismo”, é formado pelo sufixo “ismo”, atribuindo conotação pejorativa à idade, como também ocorre com racismo e sexismo que se referem ao preconceito para com a raça ou sexo de indivíduo ou grupo de indivíduos. No caso da idade, é o preconceito com relação ao idoso.

Vídeo de lançamento do livro:

https://www.youtube.com/watch?v=vqeCHZDtm-E